Image

Ex-Chairman do Citigroup parte para o mercado cripto

Avatar
15 April 2021

“Ele queria estar por dentro da próxima grande novidade: criptomoedas”. Assim um porta voz da startup Celo descreveu para o site Decrypt a chegada de seu novo conselheiro, um nome de peso de um dos maiores bancos dos Estados Unidos – o ex-presidente do conselho do Citigroup, Dick Parsons. Trata-se de um dos primeiros altos executivos de um grande banco que se muda para o setor cripto.

Grandes banqueiros deixam o mercado tradicional e entram no mercado de cripto

Image

Parsons presidiu o conselho do Citi durante a crise econômica de 2008, mas foi também CEO da gigante de mídia Time-Warner e do Los Angeles Clippers, time de basquete da NBA. É também presidente do conselho da Fundação Rockefeller e pioneiro por ser um dos primeiros CEOs negros dos Estados Unidos, no início da década de 2000.

A chegada de Parsons à Celo, uma startup conhecida por prestar serviços de Blockchain especialmente para o setor de telefonia móvel, impressiona principalmente devido à grande experiência no comando de um grande banco.

“Esse tipo de movimentação envolvendo altos executivos já está em discussão nas esferas de comando aqui no Brasil. O interesse pelo mercado cripto só cresce e com isso, vamos ver situações similares a essa do Dick Parsons ocorrendo também em nosso País,” afirma o CEO e fundador da Dynasty Global Investments AG, Eduardo Carvalho.

Segundo a Celo, além do interesse nas criptomoedas, Parsons optou pela Celo também porque viu a oportunidade de aprofundar o trabalho filantrópico que já desenvolve. Para Parsons, o mercado cripto é uma nova e importante ferramenta de inclusão financeira.

“Esse tipo de movimentação envolvendo altos executivos já está em discussão nas esferas de comando aqui no Brasil. O interesse pelo mercado cripto só cresce e com isso, vamos ver situações similares a essa do Dick Parsons ocorrendo também em nosso País"

– Eduardo Carvalho, Founder and CEO

“A Fundação Celo e suas 130 organizações filiadas mundialmente estão se dedicando a uma necessidade crítica, especialmente para o bilhão de pessoas na base da pirâmide que não tem acesso a serviços e ferramentas financeiras tradicionais,” disse Parsons em nota distribuída pela Celo.


Share this article: